19.3 C
Pomerode
domingo, 29 de maio de 2022

Atletas do Paradesporto de Blumenau são pré-convocadas para Seleção Brasileira Feminina de Vôlei Sentado

O objetivo da pré-convocação é analisar as paratletas blumenauenses para o campeonato Mundial de Vôlei Sentado de 2022

Duas Paratletas do Programa de Paradesporto, realizado pela prefeitura de Blumenau através da secretaria de Educação em parceria com a Associação De Paradesporto De Blumenau (APESBLU), foram pré-convocadas para a 1ª semana de treinamento da Seleção Brasileira Feminina de Vôlei Sentado. O objetivo é avaliar e preparar as paratletas para campeonato Mundial de Volei Sentado de 2022, que irá acontecer em Hangzhou/China.

Suzi Mara Pasquali de 40 anos treina com a equipe de vôlei sentado há oito meses. Já Marciana Seiler Piske de 38 anos faz parte do time desde 2020. As duas paratletas serão avaliadas na 1ª semana de treinamento da Seleção Brasileira Feminina de Vôlei Sentado, com a finalidade de compor o grupo para o campeonato Mundial de Volei Sentado de 2022, que irá acontecer Hangzhou/China. Os treinamentos serão em São Paulo no Centro de Treinamento Paralimpico Brasileiro, entre os dias 13 de fevereiro a 20 de fevereiro de 2022.

As paratletas, acompanhadas pelo técnico Anderson Ronchi da modalidade de vôlei sentado do programa de Paradesporto de Blumenau, em 2021 representaram a Associação D’eficiência Superando Limites (ADESUL) do Ceará, no Campeonato Brasileiro de Vôlei sentado, numa parceria com a APESBLU, que na época ainda não possuía a sua a filiação junto a Confederação Brasileira Vôlei para Deficientes (CBVD). O programa de Paradesporto blumenauense realiza este trabalho com a equipe de vôlei sentado desde 2020.

O técnico Anderson Ronchi destaca o nível técnico das atletas e a importância desta pré-convocação para o programa de Paradesporto de Blumenau. “Essa pré-convocação é fruto da dedicação das duas atletas e do trabalho árduo realizado nos treinos do vôlei sentado. Confio no potencial das atletas convocadas, pois são disciplinadas e possuem objetivos dentro do esporte. Desejo que isso sirva de estímulo e inspiração para quem deseja iniciar no esporte adaptado, sem sombra de dúvidas o paradesporto de Blumenau tem mais atletas com potencial incrível se preparando para novos desafios e competições”.

Para Marciana Seiler Piske, “é uma alegria imensa estar na pré-lista e poder representar o nosso time de Vôlei Sentado na seleção brasileira, é um sonho sendo realizado, vou treinar com as meninas de seleção e mostrar para elas o trabalho desenvolvido em Blumenau”.

Suzi Mara Pasquali é professora de educação física na APAE de Gaspar, em 2021 Suzi levou alguns alunos até o SESI para conhecer as modalidades do Paradesporto. Durante a visita Suzi Mara Pasquali que tem má formação congênita na mão esquerda, foi convidada por um dos técnicos a treinar a modalidade do vôlei sentado. Suzi que já jogava o vôlei convencional se identificou com a modalidade e decidiu continuar os treinos na APESBLU.

“Em novembro fomos convidadas a participar do campeonato Brasileiro e, foi tudo muito rápido, sou iniciante na modalidade e ser pré-convocada pra seleção brasileira parecia um sonho muito distante, vou aproveitar ao máximo cada minuto dessa experiência. Quem sabe poder participar de competições como o mundial e olimpíadas, dedicação e luta não irá faltar, quero representar muito bem a cidade de Blumenau”, disse Suzi Mara Pasquali.

Os treinamentos da modalidade do paradesporto vôlei sentado, ocorre todas as segundas, quartas e sexta-feiras, das 18h até 20h30, no ginásio esportivo da Escola Básica Municipal (EBM) Francisco Lanser localizado na Rua Alfredo Lanser, nº133, no bairro Fortaleza, em Blumenau.

Receba notícias direto no seu celular, através dos nossos grupos. Escolha a sua opção:

WhatsApp

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Destaques

Últimas notícias