18.3 C
Pomerode
domingo, 17 de outubro de 2021

Uma merecida homenagem

Alpino Germânico celebra os 53 anos com valorização aos integrantes

No dia 29 de setembro, o Grupo Folclórico Alpino Germânico, o mais antigo de Santa Catarina e o 5º mais antigo do Brasil, criado para representar a etnia alemã, assoprou velinhas ao completar 53 anos de fundação. Para comemorar mais um ano de história, nada melhor do que homenagear todos os 38 integrantes, ou seja, aquelas pessoas que fazem o grupo se manter vivo, reconhecido e amado.
“Ano passado, tivemos a live, mas para esse ano decidimos não fazer nenhum evento grande. Para os 53 anos, demos ênfase na questão de valorizar os integrantes. Eles receberam um post com uma frase descritiva de cada um que participa desse momento”, explica um dos integrantes do grupo, André Cristiano Siewert. O texto de cada postagem variava de pessoa para pessoa, mas o objetivo foi fazer com que as características individuais e a importância de cada um para o grupo fossem ressaltadas.


Para André, estar presente em mais um aniversário do Alpino Germânico é de grande satisfação. “Completar 53 anos sendo o grupo mais antigo de Santa Catarina e o 5º mais antigo do Brasil, ter essa longevidade e ainda em um momento pandêmico que todos atravessaram é de muito significado, isso para nos vale muito”, ressalta.
Ele explica que no momento de pandemia, em que as atividades foram paralisadas desde março de 2020, continuar com o Alpino Germânico, mesmo com os desafios, é uma alegria. “Soubemos de grupos de outras cidades que estão finalizando as atividades devido a pandemia e também pelas pessoas não estarem com a mesma ‘pegada’ no retorno. Para nós, é muito expressivo já ter voltado aos ensaios e com algumas apresentações.”


Para o próximo ano, o grupo tem a expectativa de voltar à normalidade. “Vínhamos em 2019 com uma agenda intensa de apresentações, foram mais de 160. Desde março do ano passado até o momento, estamos com 12 apresentações, ou seja, apenas nos últimos dois meses houve uma retornada maior nas apresentações e, lógico, respeitando todas as questões protocolares de saúde”, finaliza.

História


Tudo começou em 1968 pelas mãos de Francisco Zmazek, que, após se encantar com a apresentação de um grupo folclórico da Baviera, e incentivado por Guenther Steinbach e Augustinho Schramm (das Lojas Hering e Flamingo), fundou a entidade cultural.
Durante oito meses, os dançarinos aprenderam a coreografia da dança com o senhor Zmazek e sua esposa Linda, que também confeccionava os trajes. De lá para cá, são milhares de apresentações que colecionam histórias e emocionam plateias.
O Alpino Germânico foi o primeiro grupo de Santa Catarina criado para representar a etnia alemã. No ano de 1983, a convite do então prefeito de Pomerode, Eugênio Zimmer, o grupo aportou em terras pomerodenses e daqui nunca mais saiu.

Receba notícias direto no seu celular, através dos nossos grupos. Escolha a sua opção:

WhatsApp

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Destaques

Últimas notícias