19.3 C
Pomerode
domingo, 29 de maio de 2022

Este ano, a Apae de Pomerode estará completando 40 anos de atendimento

Mas como isso começou…

A Apae – Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais é um Movimento que se destaca no país pelo seu pioneirismo. A primeira iniciativa de congregar pais de pessoas com deficiências e outras pessoas interessadas em apoiá-los ocorreu no Estado do Rio de Janeiro, por iniciativa de Beatrice Bemis, Assim, no dia 11 de dezembro de 1954, foi fundada a primeira Apae do Brasil.

Hoje, decorridos mais de sessenta anos, são mais de duas mil e cinquenta Apaes, espalhadas pelo país. É o maior movimento filantrópico do Brasil e do mundo na sua área de atuação, que é a educação especial.

No dia 06 de novembro de 1982 a Apae de Pomerode foi fundada. Sua criação originou-se do movimento de pais e amigos das pessoas com deficiência, em 06 de novembro deste ano, a instituição completará 40 anos de atendimento.

Mas como funciona a Apae?

O Centro Educacional da Apae de Pomerode funciona em dois turnos (manhã e tarde) em atendimento parcial. A Equipe Multidisciplinar é formada por profissionais da educação, pedagogo, assistente social, psicólogo, fonoaudiólogas, terapeuta ocupacional, fisioterapeutas, neuropediatra e psiquiatra.

Atendimento pedagógico

• Estimulação Precoce: o público da Estimulação Precoce compreende bebês de risco e crianças com atraso global do desenvolvimento, Transtorno do Espectro Autista (TEA), distúrbios ou doença envolvendo as estruturas e as funções do Sistema Nervoso Central (SNC), ocorridos durante o período de desenvolvimento neuropsicomotor (pré, peri e pós-natal) até quatro anos, que apresentem como consequência deficiência.

• Serviço Pedagógico Específico – SPE: prevê o atendimento de educandos na faixa etária de 6 a 17 anos, com diagnóstico de deficiência intelectual grave ou profunda associada ou não a outras deficiências e/ou diagnóstico de Transtorno do Espectro Autista (TEA), com baixo nível funcional/nível 3, desde que associados a quadros de saúde e/ou comportamentais que inviabilizam sua permanência no ensino regular;

• Atendimento Educacional Especializado – AEE: o AEE dentro da Apae tem como objetivo complementar ou suplementar o processo de aprendizagem dos estudantes com TEA nível 3 e deficiência Intelectual;

• Programa de Educação Profissional – PROEP: direcionado ao atendimento de jovens e adultos que apresentam diagnóstico de deficiência intelectual com ou sem outras deficiências associadas e ou Transtorno do Espectro Autista (TEA), com perspectiva de ingresso no mercado de trabalho;

• Programa de Atividade Laboral – PROAL: direcionado ao atendimento de jovens e adultos com deficiência intelectual, associada ou não a outras deficiências, e ou Transtorno do Espectro Autista (TEA), sem perspectiva de ingresso no mercado de trabalho;

• Serviço de Atendimento Especializado – SAE: direcionado ao atendimento de jovens e adultos que apresentam diagnóstico de deficiência intelectual com ou sem outras deficiências associadas e ou Transtorno do Espectro Autista (TEA) e que apresentam um baixo nível funcional, é um serviço de cunho pedagógico destinado ao desenvolvimento e à manutenção de habilidades funcionais e cognitivas, visando à aquisição de conhecimentos e comportamentos que sejam essenciais aos educandos atendidos, no sentido de promover a sua independência e autonomia, para que eles tenham mais participação no contexto familiar e comunitário;

Atendimento técnico:

Triagem com equipe multidisciplinar, consulta médica (neuropediatra, psiquiatra e clínico), atendimento de Fono, Fisio, TO e Psico. Esses atendimentos serão abordados pela nossa coordenadora da equipe técnica Jaliane na próxima coluna.

Luciana Riemer da Cruz – Coordenadora Pedagógica APAE Pomerode

Receba notícias direto no seu celular, através dos nossos grupos. Escolha a sua opção:

WhatsApp

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Destaques

Últimas notícias