15.9 C
Pomerode
segunda-feira, 27 de junho de 2022

Exercícios e doenças neurológicas

Na pré-história, a pessoa precisava se mexer constantemente e pensar rápido para sobreviver, pois quem ficasse parado morreria de fome ou seria devorado por um predador.

Essa mensagem evolutiva está em nossos genes e, até hoje, se você levar uma vida sedentária, seu cérebro vai deixar de funcionar cem por cento.

Exercícios ajudam na formação de novos neurônios, pela liberação de BDNF, substância envolvida na produção, conservação e funcionamento das células nervosas.

Exercícios também estimulam a produção natural de dopamina, neurotransmissor que falta no cérebro de quem tem Parkinson.

A medicina moderna descobriu que a atividade física serve para prevenir e para auxiliar no tratamento de várias doenças neurológicas como Alzheimer, Parkinson, esclerose múltipla, epilepsia, depressão e até enxaqueca.

A atividade física virou remédio contra Alzheimer, Parkinson, esclerose múltipla, epilepsia, depressão e até enxaqueca. Mas deve ser feita com segurança.

Ouça o podcast Trocando Ideias com Dr. Vicente Caropreso

Em 2050, as pessoas acima dos 65 anos representarão um terço da população do planeta. E esse é o grupo mais suscetível a males marcados pela destruição dos neurônios, como o Alzheimer. A projeção é que ele afete 135 milhões de indivíduos daqui a três décadas.

Alguns problemas, por outro lado, afligem o cérebro independentemente da idade. É o caso da depressão, que faz 322 milhões de vítimas pelo mundo hoje e deve ser o transtorno mais incapacitante do globo em 2022. Os números assustam e pedem que não fiquemos parados.

Exercitar-se com regularidade já é considerada uma medida cientificamente comprovada para prevenir e controlar doenças que consomem a massa cinzenta.

É bom que os brasileiros levem essa história a sério. Por aqui, 47% dos cidadãos são sedentários.

Por isso fazer exercícios físicos é fundamental para manter a saúde cerebral.

Caminhar ou fazer exercícios por quarenta e cinco minutos, pelo menos três vezes por semana, é a receita certa para ajudar a manter a mente afiada.

Exercício também é remédio para a mente.

Receba notícias direto no seu celular, através dos nossos grupos. Escolha a sua opção:

WhatsApp

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Destaques

Últimas notícias